NOTÍCIA

Mais segurança para Barretos: Efetivo militar da cidade ganha mais vinte policiais com a implantação de Cavalaria

Data: 02/03/2020

Mais segurança para Barretos: Efetivo militar da cidade ganha mais vinte policiais com a implantação de Cavalaria

Fonte: Divulgação

A cerimônia de implantação do Policiamento Montado de Barretos foi realizada no último dia 20, no Recinto Paulo de Lima Correia, onde está instalado, com participação de autoridades civis e militares. O ato marcou também o início das atividades da corporação.


“É uma grande conquista. A realização de um sonho. É maior e melhor notícia para Barretos na área de segurança nos últimos vinte anos. Além da cidade ganhar o Pelotão, aumentou em 20 policiais no seu efetivo. É mais segurança, mais policiamento preventivo, que vai inibir a prática de crimes”, disse o prefeito Guilherme Ávila.


O major Mauro Alves dos Santos Júnior, comandante interino do 33º BPMI, destacou também o ganho de mais 20 policiais no efetivo de Barretos e região, enfatizando que o Pelotão da Cavalaria é um policiamento especializado , que tem uma atuação preventiva excepcional, com ênfase em grandes eventos, como a Festa do Peão. 


“Todos os anos, pedimos o reforço deste modelo de Polícia e agora temos a nossa própria unidade. É sem dúvidas uma grande conquista para a sociedade barretense e da região”, observou o Major.


O comandante do CPI-3 (Comando de Policiamento do Interior), coronel Carlos Alberto Machado, afirmou o Pelotão de Polícia Montada faz parte do BAEP (Batalhão de Ações Especiais de Polícia). Tem sede em Barretos, mas pode atuar nas cidades da região. 


“Esta conquista era um grande sonho da Polícia Militar junto a comunidade de Barretos, que hoje está realizado. Já iniciamos o policiamento na cidade e vamos ao longo de 2020 trazer mais efetivo, mais cavalos e até o final do ano vamos trazer o canil para o Recinto e estes dois modelos de Polícia estarão atuando de forma integrada”, anunciou o comandante que elogiou a união de esforços entre a Prefeitura, O goversno Estadual e a PM.

MAIS NOTÍCIAS