NOTÍCIA

Se for dirigir não beba. Se for beber, me chame!

Data: 10/09/2018

Se for dirigir não beba. Se for beber, me chame!

O povo brasileiro bebe, isso é fato! Adoramos um happy hour, uma feijoada com cerveja, assistir a um jogo de futebol bebendo e petiscando com os amigos, bebemos para dançar e nos soltar, bebemos para rir ou chorar, nos churrascos, ouvindo um samba, pulando carnaval e na nossa tão esperada Festa do Peão...


Porém, muitas vezes a embriaguez pode acarretar consequências graves. Por exemplo, quem não conhece uma história de acidente envolvendo pessoas embriagadas? Os números assustam, todos sabemos. Será que proibir o álcool seria a solução? Dá para imaginar uma Lei Seca no Brasil?


A política de redução de danos direcionada ao álcool começou com esta simples, objetiva e eficiente frase: "Se beber, não dirija", porque, afinal das contas, as pessoas bebem e continuarão a beber. No entanto, deve-se aprender a beber de uma maneira menos prejudicial à saúde e mais responsável.


Os números continuam altos, mas diminuíram muito depois do nascimento desta pequenina frase. Depois dela, nasceram as irmãs "beba com responsabilidade" e "aprecie com moderação, entre outras.


Felizmente, todo esse trabalho surtiu efeitos muito positivos. Hoje a juventude sabe, por exemplo, quais são as consequências de dirigir alcoolizado e, por isso, muitos evitam. Esse cuidado já faz parte da cultura brasileira. Existiram outras campanhas ótimas como a "Sem Noção" promovida pelo AME (Amigos da Música Eletrônica), "Dia de Alerta" - sobre o uso excessivo do álcool - promovida pela USP, UNESP e UNICAMP, descontos para voltar de táxi oferecidos pela vodka Smirnoff, entre outras iniciativas.


Para começar reduzindo os danos causados pelo álcool você pode seguir essas simples informações:


- Beba água antes, durante e depois do consumo de álcool;


- Tome vitaminas do complexo B;


- Alimente-se bem antes de beber;


- Se possível vá de táxi, carona ou transporte público;


- Evite atividades incompatíveis com a embriaguez (principalmente as que exigem reflexos)


- Não misture álcool com outras drogas e/ou medicações;


- Tenha sempre uma camisinha à mão.

MAIS NOTÍCIAS